Institucional Produtos Novidades Cotação Online Vídeos Trabalhe Conosco Contato Acesso Cliente

Dicas de instalação e tipos de cerca elétrica rural.

Pensando em instalar uma cerca elétrica rural e não sabe por onde começar? Este texto irá abordar algumas dicas importantes, e que certamente irão lhe auxiliar em meio a este processo.

De maneira geral, uma cerca elétrica nada mais é do que uma barreira que faz uso da energia elétrica para impedir a passagem de animais e/ou pessoas de seu limite. É importante ressaltar também que a intensidade da corrente elétrica pode provocar efeitos que podem ir de um simples desconforto até mesmo à morte.

Dentro deste contexto existem 3 tipos de Cercas elétricas Rural, a cerca elétrica permanente, a não convencional e também a (semi) temporária. Falarei um pouco mais especificamente sobre cada uma delas.

A cerca elétrica permanente, é tida como uma opção a longo prazo, ou seja, presume-se que ela perdure por muitos anos, sem que sejam constatados problemas. É uma cerca que preferencialmente deve ser aplicada a materiais como palanques de madeira, e fios de aço de alta resistência.

A cerca elétrica não convencional nada mais é, do que um fio de cerca elétrica colocada a uma pequena distância da madeira ou cerca de arame farpado. Desta forma, o animal não mantém contato direto com o fio, fazendo com que esta cerca ganhe uma durabilidade maior!

A cerca (semi) temporária nada mais é do que uma projeção realizada para que seja facilmente transportada. Dessa forma, se é possível dividir grandes campos em pequenas repartições, permitindo assim o pasteamento do mesmo.

Sabendo um pouco mais sobre cada tipo de cerca, conseguimos ter uma noção do que vamos precisar para determinada situação, e, após decidirmos qual modelo utilizar é que partimos para as dicas de instalação.

Para começar, devemos escolher um eletrificador de uma marca de confiança e qualidade, que de certa forma já tenha um caminho de reconhecimento traçado, além é claro de seguir os padrões internacionais de segurança.

Nós da Basso Pancotte trabalhamos com este tipo de produtos a anos, e temos extrema consciência do que nossos clientes precisam para a execução deste tipo de projeto, pensando nisso, estarei listando alguns itens indispensáveis para a confecção de uma cerca elétrica rural.  

Isolador: O isolador é o equipamento que assegura o isolamento dos condutores entre si e a terra. São materiais que possuem uma alta resistência em relação a corrente elétrica. Procure não utilizar isoladores de linha que são instalados pelo interior do poste, pois eles possuem uma grande área de contato e podem facilitar a oxidação do arame pelo fato de acumularem uma grande porcentagem de água da chuva, o que dificulta a visualização de possíveis danos que possam vir a ocorrer no isolador.

Aterramento: Trata-se da rota de escape feita pela energia elétrica, na instalação elétrica um aterramento nada mais é do que um fio ligado diretamente  terra.

Para a o aterramento devem ser utilizados hastes, cantoneiras, canos ou mourões que devem ser galvanizados para evitar a ferrugem, evite usar hastes “cobreadas”.

É necessário que as hastes estejam interligadas, usando de preferência o mesmo arame da cerca para uni-las.

Nas regiões em que o solo é seco, arenoso ou de baixa condutividade é aconselhável a colocação de aterramento auxiliar feito com hastes ligada ao arame neutro/terra da cerca. A distância entre essas hastes varia entre 1000 e até 300 metros entre elas.

Arame: A utilização de arame requer o modelo próprio para cercas elétricas, pois eles são melhores condutores que o arame para cerca convencional e também possuem uma capacidade de anti-oxidação muito aguçada.

Proteção contra raios: Procure sempre instalar um protetor para diminuir a ocorrência de raios que podem atingir o eletrificador. Este dispositivo faz com que parte da energia elétrica seja direcionada ao solo através do aterramento, e evita que essa descarga chegue completa ao eletrificador.

Manutenção da cerca: A manutenção da cerca deve ocorrer com determinada freqüência. Teoricamente trata-se de uma tarefa bastante simples. O ideal é que esta função seja passada a uma única pessoa. É interessante sempre observar se os isoladores estão intactos, se há alguma vegetação tocando o arame eletrificado, também é importante que seja feita uma verificação da voltagem da cerca utilizando um voltímetro apropriado.

 

É importante ressaltar que para um funcionamento completo da cerca, todas as partes acima citadas devem estar funcionando perfeitamente, apenas com a união de todas essas peças, teremos um projeto útil, de qualidade e que supra suas necessidades!