Institucional Produtos Novidades Cotação Online Vídeos Trabalhe Conosco Contato Acesso Cliente

Silagem de pré secado

Na conservação das forrageiras tropicais e das forrageiras de clima temperado, de todas as técnicas a pré secagem é sem dúvida a mais atual e que tem proporcionado a conservação no melhor estágio da forragem, ou seja, de melhor valor nutritivo para o animal.

A pré secagem é a alternativa viável com opção para substituição ao processo de fenação que cada vez mais é prejudicada pelas chuvas, acarretando perdas de qualidade na forragem a ser conservada ou a perda total da forragem cortada.

É preciso esclarecer que o produto pré secado é uma silagem, portanto, sofreu um processo fermentativo que vai permitir a sua conservação, diferentemente do feno que se conserva apenas pela desidratação.

A trifton 85, o azevém e a aveia, são exemplos de plantas utilizadas na confecção do pré-secado. De maneira geral, estas plantas apresentam limitações ao processo de ensilagem, pois apresentam baixos teores de matéria seca, de açúcares solúveis e elevados valores de poder tampão no estádio de maior valor nutritivo, justificando, assim, o uso de técnicas que promovam a redução da umidade no momento da ensilagem e que evitem fermentações secundárias, com perdas significativas na qualidade do produto final.

Umas das técnicas que vem sendo utilizadas  para este propósito é a pré-secagem, que promove a redução do teor de umidade das forrageiras (murchamento) pela exposição direta da forragem (após corte) ao sol por períodos de 4 a 6 horas. O produto deste processo é o pré-secado.

A inoculação é a técnica mais importante a ser aplicada porque evita as fermentações secundárias que piora a qualidade do ensilado (pré-secado).

O produto biotrato é composto de bactérias láticas e complexo enzimatico que atualmente no mercado é o único com características específicas para produção de pré-secado.

As enzimas atuam na fibra da planta e liberam o açúcar presente nesta estrutura, aumentando assim a disponibilidade do alimento das bactérias láticas que são responsáveis pelo processo fermentativo, e consequentemente, também melhora a palatabilidade e a digestibilidade da forragem conservada.

Aumentando a concentração com as bactérias láticas adicionadas pelo inoculante biotrato, o processo da fermentação é acelerado e as leveduras, os fungos são inativados e não promovem as fermentações secundárias indesejáveis.

Essas e outras informações você encontra em nosso blog:

Quer se tornar um representante da Basso Pancotte? Preencha nosso cadastro clicando aqui em breve, nossa equipe entrará em contato para mais informações sobre a sua empresa.