Institucional Produtos Blog Vídeos Trabalhe Conosco Contato Acesso Cliente
2269 528x528

VAC PNEUMABORT

Descrição

INDICAÇÕES
Para vacinação de éguas prenhes, como auxiliar na prevenção do aborto causada pela infecção por EHV 1p e EHV 1b.

MODO DE USAR
A via de administração é intramuscular. Para éguas prenhes, administrar uma dose de 2 mL no 5°, 7° e 9° mês de prenhez.
A área ideal de vacinação localiza-se nos grandes músculos da coxa, nos quais a inoculação profunda permite a retenção adequada da vacina. Éguas não gestantes também devem ser vacinadas. Éguas recém-introduzidas à fazenda, com mais de cinco meses de prenhez, devem ser vacinadas na chegada e a cada dois meses de intervalo até o parto. Éguas prenhes devem ser vacinadas quando em contato com éguas que abortaram por herpesvírus 1. Essa vacinação induz imunidade para éguas do grupo que não estão em período de incubação, de infecção abortigênica no momento da vacinação.